terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A Noite do Nadir


A noite mais longa do ano, ensombrada pelo temporal que encobriu uma Lua cheia enormíssima, terminou em apoteose com um ecplise lunar total.

Os eclipses lunares ocorrem com maior frequência durante os meses escuros, mas esta extraordinária coincidência com o Solstício de Inverno é extremamente rara. A última vez de que há memória foi em 1638, há 372 anos. A próxima vez que voltaremos a assistir a este fenómeno na noite do nadir será em 2094, segundo uma investigação realizada pelo Observatório Naval Americano...  

4 comentários:

  1. Filhota, e eu que andava na rua à hora do eclipse e como estava tudo nublado nada vi dessa fantástica Lua do Nadir! Talvez em 2094 eu consiga ver ... e vai ser de muito perto!
    Beijinhos! Adorei as informações!

    ResponderEliminar
  2. Calculo que em 2094 já estejamos a morar na própria Lua ou então eu já terei a provecta idade de 113 anos e uma miopia considerável...

    Bjinhos :)

    ResponderEliminar
  3. Oh filha, deixa lá que a miopia que não vai ser, de todo, um entrave ao espectáculo. A Lua de Nadir é tão grande a olho nu que, ao perto, até um cego usa óculos de sol por causa do brilho!

    ResponderEliminar
  4. Espero que pelo menos nao esteja o céu encoberto nessa altura! De que adianta dar-se o espectáculo com as cortinas do palco fechadas? E também espero que ocorra a uma hora diferente, tipo 8 da noite, depois disso já não são horas para as velhinhas de 113 anos estarem à janela!

    ResponderEliminar