quinta-feira, 17 de março de 2011

Luar por entre os Álamos Negros...


Talvez a Lua, lá no éter onde mora, nem se aperceba do sublime efeito da sua luz por entre a espessa cortina de névoa que veio com a noite fria. Os álamos negros emolduram-na como num quadro a óleo. A Natureza não é vaidosa nem encena falsas belezas. Nela reina o improviso, estranhas combinações que tornam cada momento único.

2 comentários:

  1. A Lua transmite energia calmante enquanto o Sol é energético.
    No próximo Sábado a Lua vai ser a maior dos últimos 18 anos.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá Grilinha!!
    Obrigada pela informação, não fazia ideia! Espero que o tempo nos permita ver a Lua...

    De facto, a Lua e Sol funcionam como dois pólos que se complementam.

    Muitos beijinhos :)

    ResponderEliminar