sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Labores de Outono...

E com a chuva a cair lá fora, sabe bem voltar a costurar. Distraio-me e crio algo enquanto espero por melhores dias na minha vida...

As retrosarias costumam vender a preços muito baixos cortes de tecido que sobram das peças.
Este tweed (cerca de 2m) é de excelente qualidade e custou menos de 3 euros. Com ele fiz a saia e a mala, ambas costuradas à mão.



A saia dá pela altura do joelho. Acrescentei-lhe um cós em cetim e laços de veludo preto na abertura dos godés.

Pormenor da parte de trás com pinças rematadas com fitas de cetim e fecho invisível.

Ambas as peças são modelos originais. Inspirei-me na moda juvenil do final do século XIX e dei-lhe um toque algo irreverente e moderno, fazendo deste modo uma releitura do estilo fin de siècle.

Mala em tweed rendada.

Mala com gatinha Halloween aplicada.



Versão em verde da gatinha de Halloween.


Fi-la com o propósito de a aplicar na mala, uma vez que o tweed é verde-escuro e preto, no entanto creio que a versão lilás sobressai mais e torna-se menos previsível. 

Aproveitem também os dias frios e chuvosos e dêem asas à criatividade!

6 comentários:

  1. É sempre boa ideia aproveitarmos a nossa criatividade e a mestria das mãos. Afinal, é o que nos valoriza e poderá ser uma saída de vida. A mala e a saia provam a qualidade da tua costura, pois é tudo feito à mão e cada peça é unica! Agora é ir devagar, porque assim não se tropeça e vai-se ao longe. Havemos de descobrir mais retalhos e ferragens mais em conta. Depois ... é ver no que dá! Bjs da UPI!

    ResponderEliminar
  2. Imagino o que tu não criarias com uma máquina de costura.
    Adorei a mala com a gatinha.]:-D
    Confesso que a saia não é nada o meu género, mas está linda.
    Podes sempre vender as tuas criações, que achas da ideia?
    beijos d'enxofre

    ResponderEliminar
  3. Acho uma óptima ideia, Diabba, vou mesmo começar a vender algumas coisas, sobretudo gatos, morcegos e malas. Ainda estou numa fase de criação e experimentação, mas tenho de conseguir materiais mais em conta (a alça da mala custou 10 euros). A minha avó tem uma máquina de costura, mas falta-lhe uma peça qualquer. Com máquina faria basicamente o mesmo que faço à mão, mas muito mais depressa! :)As gatinhas e os demais apliques é que só podem ser feitos manualmente.
    Agora ando à procura de ferragens pequenas para carteiras (do género da alça da mala). Sobrou-me algum tecido e com ele ainda poderei fazer uns quantos porta-moedas para vender.
    Também não te estou a ver vestida com uma saia de lã, seria demasiado quente aí no Inferno!
    Bjinhos ;)

    Mãe, devagar estou eu a ir! A máquina de costura está avariada! Não tenciono abrir nenhuma empresa a costurar à mão, não teria capacidade de resposta:) É como referi no post, faço isto só por distracção, enquanto não tenho mais alunos. Se entretanto conseguir ganhar algum dinheiro com esta brincadeira, tanto melhor, mas bem sabes que as minhas expectativas não são elevadas, principalmente devido ao custo das ferragens. Vai vendo o que encontras aí por Lisboa... Bjinhos

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pela partilha no Face, Diabbinha, está tudo tão dificil, não sei onde arranjar ferragens mais baratas para a Constança fazer os porta-moedas, malinhas, caixinhas para óculos e depois vender a um preço que permita alguma saída e ela que ganhe uma percentagem justa. Afinal de contas é tudo feito à mão, e não em série, desde o corte à montagem! As gatas dão imenso trabalho, a cauda é em arame coberta a macramé, por exemplo! Espero que dêem valor ao trabalho dela! Bjs!

    ResponderEliminar
  5. Vou concentrar-me nas gatas e afins. Os chineses vendem malas do género da minha por 2.50, ainda que feitas em série e por uma tigela de arroz, e as lojas que aceitam vender estes artigos artesanais não os vendem por mais de 20euros. Mas gatas e morcegos como os meus nunca vi nem iguais nem parecidos, por isso vou esquecer as malas e dedicar-me à criação de gatinhas de raça Halloween, cheias de pedigree!
    bjinhos

    ResponderEliminar