quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Óleo Essencial de Ylang-Ylang (Cananga odorata)

Descobertas do século XVIII nas Filipinas, as flores desta árvore de médio porte fornecem uma das fragrâncias mais usadas em Aromaterapia e em Perfumaria desde a década de '20 do passado século. Hoje encontramo-la em marcas famosas, como a Chanel 5.

Família: Anonaceae.

English Name: Ylang Ylang.

Origem: Madagáscar, Java e Filipinas.

Partes usadas: Flores.

Aroma: Semelhante ao da "dama-da-noite", quente, almiscarado e intenso.

Propriedades: Anti-depressivo, calmante, cardíaco, emoliente, hipotensor, sedativo, restaurador cutâneo, tónico neurológico.

Princípios Activos: Ácidos acético, benzóico, fórmico, salício e valérico, eugenol, geraniol, linalol, safrol, ilangol, terpenos, pineno e benzoato de benzila. 

Fitoterapia Geral: É empregue como regulador do ritmo cardíaco em casos de taquicardia e hipertensão. Como tónico uterino, é usado em casos de leucorreia, vaginismo, problemos urinários e infecções. Excelente como relaxante muscular, o que faz dele um dos mais requeridos em massagem.

Dermatologia: Ideal para qualquer tipo de pele, hidrata-a e tonifica-a, trata a acne e mitiga os efeitos do envelhecimento cutâneo. Usado para acelerar o crescimento capilar.

Psicologia: Como relaxante, anti-TPM, calmante e anti-depressivo, trata ansiedade, stress e histeria. 

Observações: Em excesso pode causar náusea devido ao seu aroma doce e potente. Deve ser evitado por hipotensos. Deve ser usado diluído à proporção de 2 gotas por cada c/s de óleo carreador (amêndoas-doces ou outro). Melhor quando combinado com outros óleos, como limão, eucalipto, gengibre e sândalo.

Curiosidades: Esta árvore endémica da Indonésia é considerada um dos mais eficazes afrodisíacos usados em perfumaria.

Nota: Procurem óleos essenciais com certificação de origem e qualidade, uma vez que existe no mercado abundância de óleos extraídos com recurso a solventes. 

3 comentários:

  1. Se o ylang por si tem um aroma tão doce, imagino como será combinado com sândalo! Bom artigo ☺

    ResponderEliminar
  2. É uma das combinações mais comuns, mas nem toda a gente aprecia, tudo depende da percentagem de diluição, que não deve ultrapassar os 2% ;)

    ResponderEliminar
  3. Como posso usar para infecção urinária/vaginal?

    ResponderEliminar