domingo, 13 de setembro de 2015

Mabon - Tempo de Cura

É o fim das colheitas, a despedida do Verão. É tempo de balanço e de cura; é a festa da «libertação dos prisioneiros». Libertamos o que aprisionamos em nós, libertamo-nos a nós sempre que libertamos o que nos aprisiona. 
Sob o signo de Balança, observamos o Sol que parte e as nuvens que chegam. Até ao Samhain, coexistirão em harmonia no mesmo céu. 
Quando o dia e a noite são iguais, Mabon traz-nos um novo equilíbrio, um novo ritmo e novas cores. A chuva já chegou para apaziguar os campos, já veio restaurar o verde no chão dourado pelo Estio. A Água vem juntar-se à Terra e regenerá-la: são os elementos da nova estação.



Chá curativo: Em meio litro de água de nascente fervida, deitamos:
  • 1 colher/chá de alecrim
  • 2 colheres/chá de xarope de frutos de roseira-brava
  • 1 colher/chá de salva
  • 1 colher/chá de tomilho
Aromas curativos - num queimador juntamos os seguintes óleos essenciais:
  • 3 gotas de terebentina (pinheiro)
  • 3 gotas de gerânio
  • 4 gotas de lavanda
  • Photo credit: Stevepb
  • 4 gotas de cipreste
Ou...
  • 4 gotas de canela
  • 2 gotas de noz-moscada
  • 4 gotas de sândalo
  • 5 gotas de bergamota
Pot-pourri antidepressivo:
  • sândalo
  • pétalas de rosa
  • paus de canela
  • lavanda
  • 10 gotas de óleo essencial de angélica
  • 4 gotas de óleo essencial de eucalipto
Velas - reflectem as cores da estação:
  • verde-escuras - prosperidade, fim das colheitas
  • douradas - a despedida do Sol
  • castanhas - a queda da folha 
  • laranja - vitalidade e saúde
  • brancas - protecção  
Feliz Mabon!

Sem comentários:

Enviar um comentário