sábado, 5 de setembro de 2015

Óleo Essencial de Anis-Estrelado (Illicium verum)

Deu origem ao famoso anti-gripal Tamiflu, usado no tratamento da gripe A. Mas muito mais pode fazer por nós, esta que é uma das especiarias mais usadas em todo o mundo desde os tempos de Roma Antiga, onde o seu perfume era relacionado com a arte da sedução e considerado um poderoso afrodisíaco. 

Família: Apiaceae.

English Name: Star anise.

Origem: Maioritariamente do Extremo Oriente.

Partes Usadas: Frutos.

Aroma: Doce, especiado, medicinal, fresco.

Propriedades: Estomáquico, estimulante, hepatotónico, desintoxicante, galactagogo expectorante, anti-séptico, anti-gripal, carminativo, aperitivo, calmante, desodorizante, tónico respiratório, anti-tússico, energizante, diurético, insecticida e antidepressivo.

Princípios activos: Anetol, terpinol, cinelol, limoneno, safrol, α-pineno, α-felandreno e β-cariofileno

Fitoterapia Geral: Eficazmente carminativo, é usado na prevenção de cólicas, espasmos gastro-intestinais, prisão de ventre e flatulência, assim como no tratamento de problemas hepáticos, sobretudo «fígado gordo», intoxicações alimentares e dores de cabeça relacionadas com má digestão, o que faz dele um tónico digestivo por excelência. É também empregue como expectorante e anti-tússico, muito usado em gripes e constipações. O óleo essencial apenas se destina ao uso externo, ao contrário da especiaria em si. 

Dermatologia: Usado em massagem diluído em óleos vegetais proporciona frescura, regenera  a pele e aumenta a sua elasticidade. É energizante e tónico. (2 gotas para 10 ml)

Psicologia: É usado como antidepressivo, sobretudo em conjunto com outras especiarias, que seja sob a forma de óleo essencial ou como tempero. É sedativo e relaxante.  O seu aroma ajuda os bebés e as crianças a dormir. 

Observações: Evitar na gravidez e usar com moderação, diluído quando empregue em massagens. Pode ser conjugado com citrinos, sândalo, benjoim e sobretudo com aromas balsâmicos, se usado no tratamento de problemas respiratórios.

Curiosidades: O seu aroma é muito semelhante não só ao da erva-doce, mas também ao do alcaçuz. As pessoas tendem a confundir o anis e a erva-doce (Pimpinella anisum). A sua forma de estrela de oito pontas fez dele um talismã muito especial, usado em rituais de magia e feitiçaria desde a Antiguidade. 

Sem comentários:

Enviar um comentário